As princesas e rainhas que marcaram e marcam a história são de personalidades diferentes. Algumas tem mais compaixão e são mais espirituosas, outras apresentam características como firmeza e sagacidade e todas são mulheres inteligentes e independentes.

Como uma forma de inspirar você que gosta de nobreza e realeza, nós separamos 23 nomes mais bonitos inspirados em princesas e rainhas com os seus significados, além disso você vai poder saber mais sobre a biografia dessas soberanas.

Nomes princesas e rainhas

1. Diana

Se pudéssemos dizer quem foi a princesa mais popular e controversa da história, a resposta seria Diana, Princesa de Gales. Também comumente chamada de Lady Di, foi casada com o príncipe Charles, filho da Rainha Elizabeth II da Inglaterra.

Apesar de possuir diversos conflitos na sua vida pessoal, como distúrbios alimentares, além de problemas no seu casamento, a princesa Diana conseguiu alcançar uma popularidade que nenhuma princesa conseguiu, mesmo depois da sua morte.

Inclusive ela apoiou diversas instituições carentes e ajudou a desmistificar a Aids. Seu nome próprio tem origem do latim Diana, derivado do termo dius, que quer dizer literalmente “divina”.

Provindo do latim arcaico Diviana, significa “da natureza de Divia’’. Divia, Diana, é a deusa da Lua, da caça e das florestas e seu nome significa “aquela que ilumina”.

2. Elizabeth

Esse nome foi dado a diversas rainhas e mulheres da nobreza, mas a que se tornou mais popular, ainda viva, é a rainha da Inglaterra Elizabeth II.

Se tornou rainha com 25 anos e já completou 65 anos de reinado, comemorando o seu Jubileu de Safira. Elizabeth já posou para cerca de 139 retratos oficiais e já participou de 91 banquetes reais.

Seu nome tem origem a partir do hebraico Elishebba, que significa "Deus é juramento". Algumas teorias dizem que esse nome também quer dizer "Deus é abundância". A versão em português de Elizabeth, é Elisabete.

3. Vitória

Você já deve ter estudado na escola sobre a Era Vitoriana, não é mesmo? Essa época teve origem com o reinado da rainha Vitória, que perdurou por 64 anos (1837-1901).

Ela se casou com o príncipe Albert e teve nove filhos. Seu reinado foi considerado um grande período de ascensão da burguesia, ela dominava diversos territórios, como a Índia, o Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Sudão, Quênia, Nigéria, entre outros.

Esse nome tem origem no latim victoria, que quer dizer literalmente “vitória”. Também é dito que o nome é uma variante feminina de Victorius, este derivado de Victor, que em latim significa “vencedor”.

Por isso esse nome significa “vitória”, “vitoriosa”, “vencedora”, lindo não é mesmo?

4. Isabel

A rainha que carrega esse nome marcou a história, além de possuir uma personalidade implacável, o nome dela é Isabel de Castela.

Ela se casou com o rei de Aragão, Fernando, formando um dos reinos mais poderosos da península ibérica, Castela e Aragão.

Com o apelido de Isabel, a Católica, ela fortaleceu a Santa Inquisição, regime que condenava quem era contra os princípios católicos, e tornou a Espanha uma potência mundial.

Isabel é um nome hebreu, mas com origem em povos vizinhos. Na Bíblia, provém do nome elisaba, que quer dizer ‘’o meu Deus é plenitude’’, sendo parecido com o nome Elisabete.

5. Catarina

Existem duas grandes personalidades na história que carregam esse nome: Catarina de Médici, rainha consorte da França, e Catarina ‘’A Grande’’, rainha da Rússia.

Catarina de Médici foi casada com o rei Henrique II, eles tiveram três filhos: Francisco II, Carlos IX e Henrique III. Ela teve muito influência na vida política francesa, sendo rainha regente quando seu marido morreu e o seu filho ainda não tinha idade para assumir o trono.

Catarina, A Grande, foi imperatriz da Rússia entre 1762 até 1796. Começou a governar em um período em que o Império Russo estava se expandindo, porém sofreu mais de seis revoltas durante o seu reinado.

É um nome que simboliza alguém com virtudes, imaculada. Catarina tem origem no nome grego Aikaterhíne, que deriva da palavra katharós, que significa "pura, casta".

6. Grace Kelly

Uma das mulheres mais lindas e fabulosas do mundo, além de ser atriz e princesa, é a famosa Grace Kelly.

Ela se tornou princesa de Mônaco, após se casar com o príncipe Rainier III, em 1956. Morreu aos 52 anos e marcou a história do cinema clássico, ficando na décima terceira posição das estrelas importantes de Hollywood.

Seu nome próprio é um nome composto que simboliza firmeza e graça. Grace é a variante inglesa de Graça, nome de origem religiosa que provém do substantivo inglês grace, a partir do latim gratia, que quer dizer “graça’’. Também pode significar “dom divino”, “ajuda espiritual”, “mercê”, “benevolência divina”.

Já o nome Kelly possui duas origens diferentes. Provindo do sobrenome irlandês Ceallach, significa “descendente da guerra”, posteriormente sendo “donzela guerreira”. Tendo surgido como um nome toponímico do inglês antigo, Chenleie, Chelli e Kelli, relacionado ao galês celli, significa “bosque”. Por extensão fica com o significado de "habitante do bosque", "nascida no bosque".

7. Nefertiti

Com certeza você já deve ter estudado nos livros de história sobre uma das mulheres mais poderosas do mundo, a rainha egípcia Nefertiti.

Junto do seu marido Amenhotep IV, liderou o maior império do século XIV. Ajudou a disseminar e consolidar a religião monoteísta que se baseava no culto ao deus sol Amon-Rá, com sua simpatia e carisma.

Seu nome provém do egípcio Nfrt-jytj, que quer dizer ‘’o belo chegou’’. Historiadores dizem que Nefertiti apresentava uma beleza estonteante.

8. Leonor

Existiram diversas rainhas com esse nome, principalmente em Portugal. Uma das mais importantes foi a Leonor de Avis ou Leonor de Lencastre.

Ela foi casada com o seu primo João II, rei de Portugal e Algarves, que era chamado de ‘’Príncipe Perfeito’’. Leonor apresentava uma personalidade de compaixão e misericórdia, com muitas virtudes cristãs, por conta disso é designada por alguns historiadores como "Princesa Perfeitíssima".

Esse nome próprio tem origem a partir do francês antigo Aliénor, uma versão provençal de Helen ou Helena. Estes dois nomes tiveram origem no grego Heléne, que pode ser traduzido como “tocha” ou “a luminosa”, a partir do elemento hélê, que quer dizer “raio de sol”.

Por conta disso, Leonor significa "a luminosa", "luz" ou "tocha". Um belo significado para uma menina, não é mesmo?

9. Kate

Mais conhecida como Kate Middleton, também chamada de Catarina ‘’Duquesa de Cambridge’’, é uma princesa inglesa, esposa do príncipe William, o qual é neto da Rainha Elizabeth II.

Ela é um ícone de moda e beleza atuais, estampa diversas capas de revistas ao redor do mundo. Kate e William tiveram dois filhos, George e Charlotte, além de que ela é considerada mestre na culinária.

Seu nome é uma forma encurtada de Katherine versão inglesa de Catarina, nome originado no grego Aikaterhíne, através da palavra kathará, que quer dizer "pura" ou "casta".

10. Ameerah

Esse é um nome ousado e diferente, não pertencente à língua portuguesa, mas que apresenta uma sonoridade bonita e feminina.

É o nome próprio da princesa e filantropa Ameerah al-Taweel, da Arábia Saudita. Ela é muito conhecida nas mídias internacionais atuais, pelo seu viés humanitário e por querer promover mudanças.

É uma líder corporativa, fundadora e CEO da Time Entertainment Holding Company, além de atuar na causa do empoderamento das mulheres, principalmente no seu país.

Seu nome provém do árabe, sendo uma variante de Amirah, que é a forma feminina de Amir, o qual significa ‘’comandante, príncipe’’. Por conta disso, Ameerah significa ‘’comandante’’ e ‘’princesa’’.

11. Rania

Nós resolvemos trazer outro nome feminino que também é ousado e diferente, mas com uma sonoridade mais firme.

Rania al Yassin, também conhecida como Rania Al Abdullah, é a rainha da Jordânia desde 1999, casada com o rei Abdullah II.

Ela é uma mulher muito elegante e ícone de moda, que luta por diversas causas, como educação, saúde e direitos das mulheres, sendo uma voz progressista no mundo árabe.

Seu nome provém do árabe, sendo uma variação de Raniya, que significa ‘’olhando para’’, que é uma derivação do termo árabe rana, que quer dizer ‘’olhar fixamente’’.

12. Ingrid

Esse nome foi dado para Ingrid Vitória, rainha da Dinamarca de 1947 até 1972.

Ele se casou com o rei Frederico IX e eles tiveram três filhas. Ingrid foi considerada uma rainha mente aberta e de bom-humor, abolindo costumes antiquados e reformulando as tradições da corte dinamarquesa.

Seu nome tem correlação com o deus germânico Ingvi, o qual é responsável pelos novos começos (nascimento e fertilidade. Ingrid tem origem a partir do nórdico antigo e significa "a amazona de Ingvi", que resulta da composição dos elementos Ingvi, Ing mais o elemento rida, que significa "amazona".

Outra teoria explica que o nome no original Ingríðr é formado por dois elementos: Ing, referência ao nome do deus, e fríðr, que quer dizer "bela". Ficando com o significado de "a beleza de Ingvi".

13. Alexandra

Alexandra Feodorovna foi a imperatriz da Rússia, esposa do czar Nicolau II, que foi o último imperador russo da dinastia Romanov.

A paixão e amor entre eles dois é um dos fatos históricos que mais se destacam. Os pais de Nicolau eram contra o romance, que após cinco anos de trocas de cartas se tornou real, então logo depois veio o casamento.

Alexandra e Nicolau tiveram cinco filhos, Maria, Olga, Tatiana, Anastassia e Aleksêi. Todos foram mortos por um ataque dos bolcheviques em 1918.

Alexandra é uma variante feminina de Alexandre, que tem origem no nome grego Aléxandros, o qual provém da junção do verbo aléxo, que quer dizer "repelir, defender ou proteger", e do vocábulo andrós, que significa "homem".

Por conta disso o significado do nome fica "protetora do homem" ou "defensora da humanidade".

14. Carlota

A primeira rainha da Inglaterra que apresentava descendência africana se chamava Carlota de Mecklemburgo-Strelitz.

Ela foi casada com o rei inglês George III, sendo rainha consorte da Grã-Bretanha e Irlanda. Carlota era apaixonada por artes e uma botânica amadora, ajudando a expandir os Jardins de Kew, no Reino Unido.

O seu nome é o diminutivo de Carla, variante feminina de Carlos, que tem origem no germânico Karl, a partir de karal, kerl, que significa "homem".

Por conta disso fica com o significado de “mulher”, “mulher do povo” ou “mulher livre”.

15. Letícia

A atual rainha da Espanha é chamada de Letícia (Letizia) Ortiz. Ela é casada com o rei Felipe VI.

Antes de se tornar rainha, ela era uma apresentadora televisiva e jornalista muito conceituada na Espanha. Foi bastante criticada pela família real, por ser uma mulher divorciada e que praticou um aborto antes de conhecer Felipe.

Esse nome apresenta um simbolismo muito bonito, relacionado a alegria e bem-estar. Tem origem no latim Laetitia, que quer dizer “alegria, prazer, felicidade”. Por extensão adquiri o significado de ''mulher alegre", "mulher que transmite felicidade".

16. Teodora

A mulher que carrega esse nome foi uma das personalidades mais importantes da história. Teodora foi uma imperatriz bizantina, esposa de Justiniano I.

Foi uma das imperatrizes mais influentes do Império Romano do Oriente, que reinou ao lado do seu marido.

Ela era muito inteligente e sagaz em várias áreas, principalmente a política, por conta disso sempre influenciava Justiniano para conseguir promover suas políticas religiosas e sociais.

Seu nome é a variante feminina de Teodoro, originado a partir do nome grego Treódoros, formado pelos elementos théos que significa “Deus” e dôron, que quer dizer “dom, dádiva”.

Por conta disso, fica com o significado de “presente de Deus”, “dádiva divina”.

17. Alice

Se tem uma história triste, mas que ao mesmo tempo causa reflexão, é da princesa Alice de Battenberg. Ela é bisneta da Rainha Vitória do Reino Unido e mãe do príncipe Filipe, que é marido da rainha Elizabeth II.

Ela nasceu surda e foi obrigada pela mãe a fazer leitura de lábios para se comunicar, conseguindo aprender diversas línguas. Se casou com o príncipe André da Grécia e Dinamarca, sendo infeliz no casamento por conta das inúmeras traições do marido.

Pelo fato de ser triste, tentou dedicar sua vida à religião, dizendo que acreditava em mensagens divinas, mas foi chamada de lunática.

Seu nome tem origem nas versões francesas Adaliz, Alesia, Aliz, utilizadas como diminutivo de Adelaide, a qual provém do germânico Adelheid, resultado da junção dos elementos adal, que quer dizer “nobre”, e haidu, que significa “espécie", "tipo", "qualidade”. Significando “de qualidade nobre”, “de linhagem nobre”.

18. Jetsun

Escolhemos outro nome diferente e original para servir de inspiração para quem gosta de nomes mais raros no Brasil. Jetsun Pema é a atual rainha do Butão, reino na Ásia Meridional, que se casou com o rei Jigme Khesar Namgyel Wangchuck.

Ela é considerada uma rainha calorosa e gentil, um ótimo ser humano para gerir uma nação, comparada a Kate Middleton e Letícia Ortiz, por ser uma plebeia.

Seu nome próprio tem origem tibetana e significa ‘’venerável’’, ‘’exaltada’’ e ‘’reverenciada’’.

19. Filipa

Filipa de Lencastre foi uma rainha inglesa que governou Portugal de 1387 até 1415, ela era casada com o fundador da dinastia dos Avis, João I. Os filhos desse casal ficaram conhecidos por ‘’Geração Ilustre’’, por serem cultos politicamente, culturalmente e militarmente.

Filipa era uma mulher inteligente e firme, que quebrou diversas tradições antiquadas da corte portuguesa, introduzindo a educação feminina e participando de forma ativa na política da sociedade de Portugal, ao lado de seu marido.

Seu nome tem origem no grego Phílippos, que junta as palavras phílos, que quer dizer "amigo", e híppos, que significa "cavalo". Ficando com o significado de "a amiga dos cavalos", além de ser a variante feminina do nome Filipe ou Felipe.

20. Matilde

Matilde da Inglaterra ou Imperatriz Maude, foi a primeira mulher a governar o reino da Inglaterra, apesar de ter sido somente por alguns meses.

Era filha do rei Henrique I da Inglaterra e nunca conseguiu ser formalmente coroada rainha, apesar de ter lutado pelo poder nos anos da guerra civil na Inglaterra, que foi um período chamado de Anarquia.

O significado do seu nome tem tudo a ver com o que ela foi e representou. Matilde significa "força na batalha" ou "guerreira forte", provindo do germânico Mahthildis, o qual une os elementos maht, que significa "força" e hild, que quer dizer "batalha, combate".

21. Olga

Olga Constantinovna, nascida na Rússia, era esposa do rei Jorge I da Grécia, sendo rainha consorte dos helenos.

Olga era membro da dinastia Romanov e apesar de ter que governar o reino da Grécia, longe de casa, ela se envolveu em projetos de caridade, fundando hospitais e escolas no seu governo.

Inclusive na Primeira Guerra Mundial, ela voltou à Rússia e construiu um hospital no Palácio de Pavlovsk, para ajudar os soldados feridos.

Seu nome tem origem russa, provindo do escandinavo Halag, que significa “santa”, “sublime”, “consagrada a Deus”. Um lindo significado para uma menina.

22. Carolina

Carolina de Ansbach foi rainha consorte da Grã-Bretanha, sendo esposa do rei Jorge II. Era uma mulher muito bonita e inteligente, que recebeu várias propostas de noivado.

Influenciou bastante a política inglesa, ganhando respeito em uma dinastia impopular, que era a Guelph. Inclusive sua morte foi lamentada não só pelo seu esposo, mas pelo povo inglês também.

Carolina é considerado o diminutivo de Carla, o qual surge como feminino de Carlos, este provém do germânico Karl, karal, kerl, quer dizer literalmente “homem do povo”. Também pode ser uma variante do latim Carolus, outra versão de Carlos, há ainda algumas fontes que relacionam a origem de Carolina com a união dos termos germânicos karl,“homem”, e lind, que quer dizer “doce”.

Por conta disso esse nome possui os significados de “mulher do povo” e "mulher doce".

23. Tâmara

Você quer conhecer uma das mulheres mais poderosas e implacáveis da história, que quase nunca é citada nos livros? Estamos falando de Tâmara (ou Tamara), a primeira mulher a governar a Geórgia, de 1184 a 1213, na dinastia Bagrationi.

Foi a rainha no ápice da era de ouro da Geórgia, sendo tática e sagaz na área bélica, política e cultural. Até os dias atuais é um ícone da cultura popular da Geórgia.

Seu nome surge do hebraico Thamare, que significa literalmente “palmeira”. Há estudiosos da onomástica que atribuem ao nome o sentido de “alta”, em referência ao tamanho da árvore.

Gostou desse artigo? Confere outros também:

21 nomes mais bonitos inspirados em príncipes e reis

30 nomes antigos para bebê: o clássico que está voltando à moda

Os 25 nomes mais chiques e diferentes e seus significados