O papel da mulher se destinou, por muito tempo, a cuidar da casa, do marido e dos filhos. Porém, é bastante perceptível, a quebra dessa função por várias delas ao decorrer da história.

Foi uma evolução gradual, incompleta ainda, para que as mulheres conseguissem ter mais voz, para que pudessem dizer os seus sonhos e ambições. Muitas se sacrificaram e lutaram em épocas que era impensável uma mulher alcançar qualquer cargo de liderança.

O feminismo, com todas as suas fases, surgiu justamente para libertar e abrir a mente de diversas pessoas, além de impactar a sociedade e causar mudanças.

Com muito orgulho apresentamos uma lista com 30 nomes inspirados em mulheres poderosas e seus significados. Mulheres lutadoras, resistentes, firmes, inteligentes, modificadoras e que servem de exemplo para qualquer um.

Nomes para meninas inspirados em mulheres poderosas

mulheres poderosas

1. Simone

Simone de Beauvoir foi uma das maiores filosofas e pensadoras da teoria feminista, além de ser escritora, ativista e participante do movimento existencialista francês.

Ela ficou bastante conhecida com obras como ‘’O segundo sexo’’, de 1949, ‘’Memórias de uma moça bem-comportada’’, de 1958 e ‘’Os Mandarins’’, de 1954.

Simone promoveu a diferença no campo da igualdade de gênero, principalmente por dizer que ‘’ninguém nasce mulher: torna-se mulher’’ e por questionar o chamado instinto materno.

Seu nome provém do francês sendo o feminino de Simon, o qual é Simão em português. Simão tem origem a partir do hebraico Shimon, que deriva da palavra shamá, que quer dizer “ela ouviu” ou, por extensão, “ouvinte”, “obediente”.

2. Frida

A querida pintora mexicana, um dos maiores ícones modernos, dona de uma personalidade forte e radiante, não poderia faltar na nossa lista.

Frida Khalo é um dos maiores símbolos do movimento feminista, tendo sido ativista no partido mexicano pelo direito das mulheres.

Apesar de ter tido uma vida turbulenta, inclusive ter sofrido um acidente muito grave aos 18 anos, sempre se manteve firme e ao mesmo tempo com uma grande sensibilidade em suas pinturas.

Esse nome próprio significa “a pacifica”, "aquela que traz a paz" ou "princesa da paz". A primeira origem é a partir do germânico Fridu, o qual significa ‘’paz’’.

A segunda origem provém do escandinavo Frida, que é o diminutivo de Frederica. Este nome é composto pela junção dos termos frid (paz) e reiks, rich (princesa).

3. Marie

Marie Curie nasceu em Varsóvia, na Polônia, mas se naturalizou francesa. Ela foi a primeira mulher a ganhar o Prêmio Nobel de Física e também a primeira a ocupar uma posição de professora na Sorbonne (Universidade de Paris)

Marie junto ao seu marido Pierre Curie, descobriram os elementos radioativos polônio e rádio, isolando-os e fazendo testes. Em 1911, ela também ganhou o Prêmio Nobel de Química.

Marie é uma variante francesa do nome Maria. Este tem origem no hebraico Myriam, que significa “senhora soberana" ou "a vidente”.

Também pode ter surgido a partir do sânscrito Maryáh, quer dizer literalmente “a pureza", "a virtude", "a virgindade”.

4. Amelia

‘’O jeito mais eficiente de fazer algo é fazendo.’’ Sabe quem disse essa frase? Amelia Earhart, a pioneira na área de aviação americana e a primeira mulher a voar sozinha pelo Oceano Atlântico.

Nascida no estado do Kansas, desde jovem já desafiou os papéis tradicionais de gênero. Estabeleceu diversos recordes no ramo da aviação, incentivando e patrocinando a atuação das mulheres nessa área.

Seu nome significa “trabalhadora", "mulher diligente”, “ativa". É uma variante do nome Amália, a qual tem origem no germânico Amal que quer dizer “trabalho”.

5. Margaret

São tantas personalidades importantes que carregam esse nome próprio que fica difícil escolher. Margaret Hamilton é uma engenheira da computação e de software, além de empresária.

Ela recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade, nos Estados Unidos, por sua contribuição no desenvolvimento do sistema operacional nas missões do programa Apollo da NASA.

Margaret Thatcher ou mais conhecida como ‘’A Dama de Ferro’’, foi a primeira mulher que ocupou o cargo de primeira-ministra do Reino Unido, permanecendo no poder por onze anos.

Margaret Atwood é uma escritora canadense que se tornou uma das autoras favoritas na contemporaneidade devido a forma como representa as mulheres em suas histórias.

Esse nome é uma derivação inglesa do nome Margarida, o qual provém do grego margarítes, que vem do latim Margarita, que quer dizer literalmente “pérola”.

6. Valentina

Você sabia que nos anos 60 a primeira mulher foi a uma missão no espaço? O nome dela é Valentina Tereshkova, viajou a bordo da espaçonave Vostok 6, através do programa espacial russo Vostok.

Ela orbitou o planeta Terra cerca de 48 vezes, o que são quase três dias no espaço, em missão solo.

Esse nome é muito popular na Rússia e possui um significado muito especial. Valentina é o feminino de Valentim, Valentino, o qual tem origem no nome do latim Valentinus. Este provém de de valens, valentis, que quer dizer “valente”, “forte”, “vigorosa”, “cheia de saúde”.

7. Komako

Komako Kimura foi uma sufragista, dançarina e atriz japonesa, que se estabeleceu nos EUA para estudar inglês e outros métodos de liderança feminista.

Participou, em 1915, de uma marcha das mulheres pelo direito ao voto na cidade de Nova Iorque, que contou com cerca de quarenta mil pessoas.

Seu nome tem origem japonesa a partir da junção dos kanjis koma, que quer dizer ‘’pônei, cavalo’’, e ko, que significa ‘’criança, filha’’. Os nomes japoneses de meninas comumente remetem a elementos da natureza.

8. Rosa

Esse é outro nome que é dado a diversas personalidades importantes. A primeira delas é Rosa Parks, uma mulher negra altamente corajosa que em 1955 se recusou a entregar seu assento no ônibus a um homem branco.

Na época, a lei da segregação racial dos EUA obrigava pessoas negras a cederem seu lugar no ônibus para pessoas brancas.

A segunda personalidade é Rosa Luxemburgo, que foi uma revolucionária polonesa, teórica dos movimentos comunista e socialista, que se naturalizou na Alemanha. Ela sofreu diversas perseguições políticas e foi assassinada em 1919.

A terceira personalidade é Rosa Mota, uma ex-maratonista portuguesa que foi a única campeã da Europa, do Mundo e das Olimpíadas ao mesmo tempo. Ela já foi considerada diversas vezes umas das maiores maratonistas mundiais.

Esse nome significa “bela flor”, "tipo famoso" ou "espécie famosa". Rosa é um nome com duas prováveis origens etimológicas, sendo a mais antiga oriunda a partir dos elementos germânicos hrod, que significa "fama" e heid, que quer dizer "espécie” ou “tipo".

A segunda provém do latim rosae, rosa, que é o nome da flor.

9. Nadia

Nadia Comăneci é uma ex-ginasta romena que conseguiu o primeiro dez perfeito, ou seja, a primeira pontuação perfeita nos Jogos Olímpicos.

Ela alcançou esse feito com apenas 14 anos e ficou conhecida como uma das melhores atletas de todos os tempos, além de ter popularizado esse esporte.

Seu nome provém do árabe Naadiya, que significa literalmente ‘’mensageira’’ e ‘’aquela que anuncia’’.

10. Joana

Joana D’arc é uma das personalidades femininas mais conhecidas na história. Foi uma heroína francesa com um papel importante na Guerra dos Cem Anos.

Ela foi uma guerreira e líder militar que ajudou seu país, a França, na guerra contra a Inglaterra. O fim da sua história não foi muito feliz, foi queimada viva na fogueira com apenas 19 anos de idade.

Uma frase célebre dela é ‘’Eu não tenho medo ... Eu nasci para fazer isso’’.

Seu nome significa “Deus é cheio de graça”, “agraciada por Deus” ou “a graça e misericórdia de Deus” e “Deus perdoa”. Tão lindo não é mesmo?

Joana tem origem no latim Iohanna e é a variante feminina de João, o qual provém do hebraico Yehokhanan, que é composto pelos elementos Yah, “Javé, Jeová, Deus”, e hannah, “graça”.

11. Dandara

É muito comum que no colégio as pessoas escutem falar muito sobre o Zumbi dos Palmares, mas você já ouviu alguma vez a história sobre a mulher dele, Dandara dos Palmares?

Ela foi uma importante líder militar, que lutou e pegou em armas pela libertação total dos negros e negras no Brasil. Dominava a arte da capoeira e preferiu se suicidar do que voltar a condição de escrava.

Dandara era uma mulher forte e corajosa, que possuiu um papel fundamental na história brasileira.

Seu nome significa “princesa guerreira” ou “princesa negra”, tudo a ver não é mesmo?

12. Mary

Existem duas grandes personalidades com esse nome próprio. Você deve conhecer a escritora do famoso romance gótico, Frankenstein, não é mesmo? Mary Shelley era filha da também escritora e filósofa Mary Wollstonecraft.

Wollstonecraft era uma defensora ferrenha dos direitos das mulheres, no seu livro ''Reivindicação dos direitos da mulher'', de 1792, ela diz que ‘’(...) a demanda por educação tem por objetivo exclusivo permitir o livre desenvolvimento da mulher como ser racional, fortalecendo a virtude por meio do exercício da razão e tornando-a plenamente independente”.

Esse nome é uma variante inglesa de Maria. Este tem origem no hebraico Myriam, que significa “senhora soberana" ou "a vidente”.

Também pode ter surgido a partir do sânscrito Maryáh, quer dizer literalmente “a pureza", "a virtude", "a virgindade”.

13. Anita

Anita Garibaldi foi uma grande revolucionária brasileira, que lutou na Revolução Farroupilha e na Batalha dos Curitibanos no Brasil, além de ter batalhado pela unificação da Itália na Batalha de Gianicolo.

Ela nasceu em Santa Catarina, em 1821, e junto de seu marido Giuseppe Garibaldi, participou de diversos combates.

Seu nome provém do hebraico Hannah, que significa “graciosa” ou “cheia de graça”. Muito lindo para uma menina, não é mesmo?

14. Eleanor

Eleanor Roosevelt disse a seguinte frase: ‘’Você ganha força, coragem e confiança através de cada experiência em que você realmente para e encara o medo de frente.’’

Ela foi uma grande ativista dos direitos humanos, estando no cargo de primeira-dama dos Estados Unidos durante doze anos. Defendeu que as mulheres, os afro-americanos e os trabalhadores possuíssem direitos iguais.

Seu nome significa “aquela que reluz” ou “resplandecente”, lindo não é? Esse nome feminino tem origem a partir do antigo francês provençal Aliénor que, supostamente, teria se originado do grego heléne, que significa “tocha”, através do termo hélê, que quer dizer “raio de sol”.

No Brasil a variação Eleonor é mais comum.

15. Helen

Helen Keller é um dos maiores exemplos de superação do mundo. Quando ainda era uma bebê, perdeu a audição e a visão, porém ela tinha o sonho de entrar para a universidade e estudar artes.

Helen foi a primeira pessoa surda-cega a se graduar, ganhar o bacharelado, em artes. Foi uma ativista que defendeu causas sociais e políticas, inclusive o voto feminino.

Acaba por ter o mesmo significado que Eleanor, provém do latim Helen, tem a mesma origem de Helena, a partir do grego heléne “tocha”, derivado de hélê “raio de sol”, significando “a que reluz”, “a que brilha”, “reluzente”.

Outra variação desse nome é Ellen. Uma grande personalidade que apresenta essa variação é Ellen Johnson, que foi presidente da Libéria de 2006 a 2018, sendo a primeira mulher eleita presidente na África.

16. Aung San

Aung San Suu Kyi é uma política da Birmânia, uma região do sul da Ásia Continental, que sempre lutou fervorosamente por democracia no seu país.

Em 1988, organizou protestos e foi ativista para derrubar o ditador Ne Win e organizar uma reforma democrática na Birmânia. Por conta disso foi colocada em prisão domiciliar por parte do exército.

Seu nome tem origem no birmanês, aung quer dizer ‘’passar’’ e san significa ‘’lua’’. Por extensão pode significar ‘’mulher que deixa a lua passar’’.

17. Nelle

Nelle Haper Lee, mais conhecida como Harper Lee, foi a escritora de um dos maiores sucessos da literatura americana contemporânea: ‘’O Sol é para todos’’, lançado em 1960.

Nascida no Alabama, uma das regiões do sul dos Estados Unidos que é bastante conservadora e cheia de preconceitos, ela baseou o seu livro em situações racistas que pode presenciar.

Esse nome é uma variante do feminino Nell, que é um diminutivo medieval de nomes que começam com El, como Eleanor ou Ellen.

Também é dito que pode ter surgido da frase ‘’meu El’’ ou ‘’meu Deus’’, que depois também foi dita como ‘’meu Nel’’.

18. Indira

‘’Não se pode apertar mãos com os punhos fechados.’’ Essa foi uma das frases de Indira Gandhi, a primeira mulher a ser chefe de governo na Índia.

Obteve bastante progresso industrial em seu governo, mas por conta de diversos conflitos religiosos e políticos, ela foi assassinada em 1984.

Seu nome significa “beleza”; "gotas de chuva", tem origem no sânscrito e também é o nome da esposa de um dos principais deuses hindus, Vishnu.

19. Virginia

‘’As mulheres, durante séculos, serviram de espelho aos homens por possuírem o poder mágico e delicioso de refletirem uma imagem do homem duas vezes maior que o natural.’’

Essa frase provém de uma das maiores escritoras do século XX, a inglesa Virginia Woolf. Lutava pelo lugar da mulher, principalmente no âmbito da escrita, além de ter sido uma revolucionária literária.

Apresenta nove romances publicados, além de vários outros livros com gêneros diversos.

Seu nome significa “virgem”, “donzela”, com origem a partir do latim Virginia, que deriva dos termos virgo, virginis, e quer dizer literalmente “virgem”.

20. Maria

Com certeza você já deve ter ouvido falar da Lei Maria da Penha, mas já se perguntou a história por trás dela?

Maria da Penha Maia Fernandes é uma cearense que foi vítima de dupla tentativa de feminicídio por parte do seu marido em 1983. Após o ocorrido e por conta de todos os traumas e lesões que ela apresentou, passou a lutar pela condenação do seu agressor.

Porém, não foi só por isso que ela lutou, entrou em um movimento em defesa dos direitos das mulheres, principalmente aquelas que sofreram e sofrem violência doméstica.

O caso dela ganhou repercussão mundial e depois de lutar bastante, em 2006, o presidente sancionou a Lei Maria da Penha.

Seu nome significa “senhora soberana”, “vidente” ou “a pura”. A origem do nome Maria é incerta, provavelmente se originou a partir do hebraico Myriam, que significa “senhora soberana" ou "a vidente”.

Também pode ter derivado do sânscrito Maryáh, quer dizer literalmente “a pureza", "a virtude", "a virgindade”.

21. Eva

Eva Perón foi a primeira-dama da Argentina de 1946 a 1952 e esposa de Juan Perón. Ela se mudou da sua cidade natal para a Argentina com apenas dezesseis anos para tentar a carreira de atriz.

Ficou conhecida e é aclamada na Argentina até hoje por conta do seu forte desempenho político. Evita Perón, também chamada assim carinhosamente, lutou pelos direitos das classes mais abastadas, das mulheres, das crianças e dos mais pobres.

Seu nome significa "a que vive", "a vivente", "a que tem vida" ou "cheia de vida". Tem origem a partir do hebraico Hawwá, Havah, derivado da raiz hawá, que quer dizer "ela viveu".

22. Aretha

Todas as pessoas conhecem a Rainha do Soul, Aretha Franklin, que quebrou as barreiras de gênero e raça desde os anos 60, empoderando as mulheres com as suas letras fortes e com a sua voz arrasadora. Também foi responsável por imortalizar o gospel.

Serviu de inspiração para muitas mulheres e conseguiu quebrar diversos tabus sociais em relação ao papel da mulher e como ele deveria ser desempenhado.

Seu nome não tem origem certa, há a possibilidade de ter surgido do grego arete, o qual significa ‘’virtude’’.

23. Malala

Com certeza você já deve ter ouvido falar em Malala Yousafzai, a paquistanesa que com apenas dezessete anos recebeu o Prêmio Nobel da Paz. Ela é um exemplo de ativismo na área da educação, principalmente para garotas.

O grupo fundamentalista Talibã proibiu na aldeia de Malala que aulas fossem dadas à garotas, porém como ela quebrou as regras, aos quinze anos acabou por ser baleada por militantes do Talibã dentro do ônibus da escola.

Depois de ir para a Inglaterra, passou a militar principalmente no acesso à educação para garotas do seu país.

O seu nome tem origem na língua pachto, uma das línguas oficiais do Afeganistão e em alguns lugares do Paquistão, e significa ‘’triste, entristecido’’.

24. Wangari

‘’Os seres humanos passam tanto tempo acumulando, pisoteando, negando a outras pessoas. E, no entanto, quem são os que nos inspiram mesmo depois de mortos? Os que serviram aos outros, e não a si mesmos.’’

Quem disse essa frase foi a ativista queniana Wangari Maathai. Ela foi a primeira mulher africana a receber o Prêmio Nobel da Paz, por contribuir no desenvolvimento sustentável, na democracia e na paz.

Wangari fundou o Green Belt Movement, que era uma organização baseada em práticas de avanço sustentável, ou seja, na plantação de árvores e conservação do meio ambiente.

O kikuyu é uma língua bastante popular no Quênia, por conta disso esse nome provém dele e possui o significado de ‘’leopardo’’.

25. Catarina

Catarina Eufémia é um símbolo de revolução em Portugal. Com apenas 26 anos, se manifestou em uma greve de ceifeiras por conta das péssimas condições de trabalho, na época do regime salazarista, e acabou por levar um tiro de um militar da Guarda Nacional Republicana.

Ela estava grávida e carregava no colo um bebê de oito meses, após o seu assassinato se tornou um símbolo de resistência e de luta para o povo português.

Seu nome tem origem a partir do grego Aikaterhíne, que deriva da palavra katharós, que significa "pura, casta".

26. Judith

Judith Butler é uma filósofa americana que atua na área sobre gênero e teorias feministas, com diversos estudos acadêmicos publicados. Ela também influenciou campos como a política e ética.

Defende a causa LGBTQ e a quebra dos padrões convencionais que oprimem as mulheres, os homossexuais e transexuais. Ela também defende a teoria queer.

Seu nome é a versão inglesa de Judite, que deriva do hebraico Iehudíth, que pode ser traduzido com “mulher da Judeia” ou “judia”.

27. Amália

Amália Rodrigues é uma das personalidades mais conhecidas em Portugal, é a Rainha do Fado, um dos principais gêneros musicais portugueses.

Nasceu em Lisboa e atuou como cantora, atriz e fadista. Sua voz é como de um anjo, forte e melancólica, assim como o fado.

Seu nome tem origem a partir do germânico Amal, um diminutivo que quer dizer "trabalho". Por extensão ficou com o significado de "trabalhadora", "diligente", "ativa".

28. Angela

Uma das principais ativistas negras do mundo, dona de uma personalidade forte e imponente, nasceu no Alabama (EUA), com o nome de Angela Yvonne Davis.

Quando se nasce mulher, negra, em um estado super conservador e segregacionista dos Estados Unidos, vivendo na década de 60, a luta por igualdade racial se torna quase impossível, menos para Angela Davis.

Foi educadora e professora na Universidade da Califórnia, e por conta do seu ativismo foi perseguida e colocada na lista dos principais criminosos do seu país.

Em um dos seus discursos ela diz: “Nós representamos as poderosas forças de mudança que estão determinadas a impedir que as moribundas culturas do racismo e do patriarcado heterossexual se ergam novamente”.

Seu nome significa “mensageira”, “anjo”, sendo variante feminina de Ângelo, que tem origem no grego Ággelos, que significa “mensageiro”, derivado do latim Angelus, que quer dizer “anjo”.

29. Dorothea

A versão portuguesa desse nome é Dorotéia, mas a personalidade que carrega esse nome é a americana Dorothea Lange, considerada umas das maiores fotógrafas dos Estados Unidos.

Vivendo na época da Grande Depressão (1929), fotografou e retratou como uma reportagem jornalística e humanitária, as áreas rurais que foram afetadas por essa situação e as consequências dela.

Seu nome é uma inversão do nome Teodora, possuindo origem na junção dos elementos gregos dôron que significa “presente, dádiva” e theósque quer dizer “Deus”. Assim ficando com o significado de “presente de Deus”, “dádiva divina”.

30. Marielle

Com certeza você já deve ter ouvido falar da brasileira Marielle Franco, que dizia que ‘’Ocupar a política é fundamental para reduzir as desigualdades que nos cercam.’’

Ela era socióloga, se tornando vereadora do Rio de Janeiro em 2017, estava na luta constante das causas sociais e dos direitos das mulheres, principalmente combatendo as desigualdades de gênero e classe.

Criticava o comportamento da polícia militar e os abusos que eles cometiam contra moradores de favelas do Rio de Janeiro. Ela foi assassinada com três tiros em Março de 2018, dentro do próprio carro.

Seu nome é uma variação de Mariele, que significa “senhora soberana”, “vidente” ou “a pura”. É o diminutivo alemão de Maria e também uma variação francesa deste mesmo nome, que vem do hebraico Myriam.

Gostou do nosso artigo poderoso? Esperamos que sim, aproveita e confere outros:

Os nomes femininos mais diferentes para bebê e os seus significados

Os 25 nomes curtos mais bonitos para meninas

Os significados dos 25 nomes femininos mais delicados