O povo judeu, ao longo de sua história, se espalhou por diversas partes do mundo. Ao serem perseguidos em diferentes ocasiões, se instalaram por muitos países e adotaram sobrenomes por vezes comuns nos novos lugares onde haviam se refugiado, e outras vezes relacionados ao seu lugar ou família de origem, assim como a símbolos ligados a sua fé e tradições.

Descubra nessa lista o significado de 20 nomes judeus.

imagem_sobrenomes_judeus_bo

Sobrenomes judaicos comuns

Alguns dos sobrenomes mais comuns dos judeus têm origem no hebraico e germânico. Muitos deles fazem referência a profissões, locais de onde as famílias surgiram, características físicas e também aos eventos bíblicos significativos para a história do seu povo.

1. Abrams

Esse é um nome muito comum entre os judeus e que se refere a "Abraão", o pai do seu povo. Abrams é um exemplo dos muitos sobrenomes patronímicos, ou seja, sobrenomes cuja origem está relacionada a um ascendente masculino, usados pelo judeus.

2. Blau

Blau significa "azul", em germânico. É comum entre os judeus sobrenomes relacionados a cores. Um outro exemplo é Roth, que significa "vermelho".

3. Amiel

Sobrenomes judaicos_1

Outro nome bastante popular, Amiel quer dizer "Deus é meu povo". Amiel foi um líder israelita da tribo de Dã enviado por Moisés para conferir a terra de Canaã, como descrito na Bíblia.

4. Gabay

Originado do hebraico, esse sobrenome significa "guardião da sinagoga". O nome sugere também o trabalho dos coletores de impostos entre os judeus.

5. Nissim

Sobrenomes judaicos_2

Nissim significa "milagres", "maravilhas", também no hebraico. No livro de Êxodos, a Bíblia se refere a Jehová Nissi, que quer dizer "O Senhor é a minha bandeira".

6. Horowitz

Horowitz é um sobrenome ligado ao local de origem de determinada família e é bastante comum entre os judeus. Horotitz se refere a antiga comunidade judaica de Horovice, onde hoje se localiza a República Tcheca.

Sobrenomes judeus portugueses e espanhóis que chegaram ao Brasil

Fugidos da perseguição da Igreja Católica na Península Ibérica, muitos judeus portugueses e espanhóis, conhecidos como judeus serfadistas, escaparam de seus países e chegaram ao Brasil, adotando novos sobrenomes.

Conheça alguns dos sobrenomes usados pelos judeus mais comuns no Brasil.

7. Silva

Sobrenomes judaicos_3

Sobrenome mais comum no Brasil, Silva é um nome de origem ibérica, e que quer dizer "floresta", "selva". O sobrenome tem seus primeiros registros na Galícia, Espanha. Variantes como da Silva e Silveira também são populares entre os judeus.

8. Amorim

Esse sobrenome é ligado ao local onde se origina e significa “local dos amantes”. O sobrenome tem origens tanto na região da Galícia, na Espanha, quanto em Portugal, no distrito do Porto, numa região antes conhecida como Amorim.

9. Almeida

Almeida quer dizer “planície”, “solo plano”. Esse nome tem origem em Portugal, região plana no norte do país, onde hoje está a cidade de Mangualde. Esse sobrenome é atribuído a muitos judeus portugueses. O nome também pode significar "glorioso", "glória".

10. Lopes

Sobrenomes judaicos_4

Lopes vem do latim lupus e significa "lobo". Esse é um sobrenome que também tem origem ibérica (López na versão espanhola) e que foi adotado por muitos judeus. Cerca de 1.247.269 brasileiros possuem esse sobrenome.

11. Carvalho

De origem portuguesa, esse sobrenome muito comum entre os judeus se refere a ideia de longevidade e resistência, características típicas desse tipo de árvore. Carvalho também é um sobrenome toponímico, ou seja, referente as características do local onde um determinado grupo de pessoas morava.

12. Pinto

Pinto, que significa "pintado", "marrom" ou "pessoa de pele bronzeada" era o nome de uma província na Espanha, onde viviam muitos judeus. O nome, que nasce nesse local, foi usado por muitos judeus de pele mais morena e com o tempo se espalhou por Portugal e chegou até o Brasil.

13. Franco

Sobrenomes judaicos_5

Do latim francis, que quer dizer "livre". O nome nasceu na Península Ibérica e foi adotado pelas famílias judaicas.

14. Machado

Esse é um nome ligado ao ofício, ao trabalho de determinada família. A história conta que esse nome foi dado ao Mendo Moniz, homem que derrubou com um machado o Castelo de Santarém, na luta contra os mouros, em Portugal.

Veja também: 20 sobrenomes portugueses que fazem sucesso no Brasil

Sobrenomes judeus de origem alemã

Os judeus alemães normalmente são reconhecidos como judeus asquenazes (ou asquenazim), palavra que vem do termo hebraico Ashkenaz e quer dizer Alemanha. Muitos dos seus sobrenomes se referem a nomes ou acontecimentos bíblicos e também a cores, características físicas e elementos da natureza.

Alguns sobrenomes, como aqueles relacionados ao local ou ao ofício das famílias, também eram utilizados por outros povos, mas estão listados aqui por serem muito recorrentes entre os judeus.

15. Schwarz

Alemão e judaico, esse sobrenome significa "negro". Pode se referir a cor da pele, cabelos e barba de um determinado grupo.

16. Stein

Sobrenomes judaicos_6

Stein significa "pedra". O sobrenome pode fazer referência a um lugar cercado de pedras, onde teria vivido um povo, ou também pode estar relacionado à histórias bíblicas nas quais a pedra é um elemento importante, como no caso do sacrifício de Isaac pelo pai Abraão.

17. Weingartner

Esse sobrenome de origem alemã significa "aquele que faz vinho". Um sobrenome ligado ao ofício de um certo grupo de pessoas.

18. Kremer

Outro nome relacionado ao ofício, Kremer vem do Germânico kram e quer dizer "comerciante".

19. Strauss

Sobrenomes judaicos_7

Strauss significa "avestruz", em alemão. Se refere aos judeus que moravam na região alemã de Frankfurt. Nessa área, as famílias eram conhecidas pelas casas onde habitavam. Uma dessas casas possuia a imagem de um avestruz e por isso ficou conhecida como família Strauss.

20. Feigenbaum

Do germânico, esse sobrenome quer dizer, literalmente, "figueira", uma árvore destacada nos textos bíblicos e muito importante na história do povo de Israel.