Quem nunca conheceu um Silva, um Santos, um Oliveira? Os sobrenomes mais comuns do Brasil têm origens e significados interessantes, um prato cheio para quem gosta de história. 

Quer se aventurar nessa com a gente? Vamos lá: 

1. Almeida

sobrenomes comuns no Brasil

Tem cara de português, mas na verdade é árabe! Esse nome tem origem na junção das palavras al, o mesmo que "o" (artigo definido) e majíd, o mesmo que glorioso ou, em sentido geográfico, o mesmo que planície.

Significa, então, glorioso ou a planície

Começou a seu utilizado como sobrenome depois de um cavaleiro chamado Dom Payo Guterres Amado teria tomado posse do Castelo de Almeida, em Portugal.

A partir daí, o nome do castelo virou nome de família, especialmente portuguesas, desde o século XIV. 

Saiba mais sobre o sobrenome Almeida clicando aqui

2. Alves

A origem do nome é nórdica, formada pelos elementos alfr, que quer dizer "elfo", ou "gênio" e arr, que significa "guerreiro", "protetor" ou mesmo "exército".

Mas Alves é um sobrenome português e patronímico: ou seja, originado a partir do nome de um membro importante de uma família e que era do sexo masculino, sendo na maioria das vezes o pai. 

É um diminutivo de Álvares, significando, então  "filho de Álvaro". 

Quer saber mais? Não deixe de ler a descrição completa.

3. Barbosa 

Era o nome de uma fazenda que pertencia a D. Sancho Nunes no século XII. Ele incorporou o nome da quinta em seu sobrenome, que hoje é muito popular no Brasil. 

Barbosa significa “local cheio de árvores” sendo o nome de uma planta bastante popular no Brasil, da família das palmáceas. 

Saiba mais aqui sobre história do sobrenome Barbosa.

4. Batista

A etimologia do nome é grega e deriva de baptites, que quer dizer “submergir, mergulhar”. Significa, então, “o que batiza”. 

A ligação bíblica muitos conhecem: João Batista é um personagem conhecido por ter sido quem batizou Jesus. Países católicos passaram a adotar a alcunha e foi assim que ela ganhou notoriedade. 

Quer saber mais? Não deixe de ler a descrição completa.

5. Castro 

A origem de Castro é do latim, a partir da palavra castru, que significa “fortaleza”.

Segundo estudiosos, é um nome toponímico, ou seja, remete a um lugar. No caso, parece ter sido um nome utilizado para identificar pessoas que nasciam ou habitavam fortalezas e castelos.

Por isso, tem o sentido de “aquele que nasceu perto de castelos”, “aquele que habita local caracterizado pela existência de fortalezas”.

Chegou ao Brasil através dos portugueses, pois o brasão da família Castro está entre os 72 principais de famílias portuguesas. 

Saiba mais sobre o sobrenome Castro clicando aqui

6. Duarte

sobrenomes comuns no Brasil

Duarte é um nome derivado do inglês, Edward, junção dos elementos germânicos ead "rico" ou "abençoado" e weard "guardião". Significa "guardião rico" ou "guardião das riquezas".

Acredita-se que foi transformado para a versão portuguesa Eduarte, e com o passar dos anos perdeu o “e” inicial. Nobres e realezas portuguesas aderiram ao nome na Idade Média, incluindo o décimo primeiro rei de Portugal, D. Duarte.

Não deixe de ler a descrição completa do sobrenome Duarte.

7. Ferreira 

Este é outro caso de nome toponímico. As pessoas que viviam na vila de Ferrera, em Castela (atualmente conhecida por Herrera de Rupisverga, na Espanha) eram chamadas de Ferreira. 

Em Portugal, o fundador da família Ferreira teria sido D. Fernando Álvares Ferreira, senhor do Paço de Ferreira, na freguesia de São João de Eiriz, no norte do país. 

Outra hipótese é que tenha sido um nome utilizado como apelido as pessoas que trabalhavam com ferro, e mais tarde passou a ser adotado como nome de família. 

Saiba mais sobre o sobrenome Ferreira clicando aqui

8. Garcia

Há algumas possibilidades de origem do nome Garcia, que era utilizado como prenome, só depois ganhando a função de sobrenome. 

Pode ter origem espanhola, a partir de Garsea, nome medieval relacionado à palavra basca hartz, que significa "urso". Nesse sentido, o nome reflete os atributos do urso, que no estudo de brasões, é a personificação do homem magnânimo, ou seja, que é generoso.

Também pode ter sido originado da palavra espanhola garza, garça, o pássaro. Dentre os modelos de brasões de família, alguns deles trazem uma garça no seu centro.

Quer saber mais? Não deixe de ler a descrição completa.

9. Gomes

Uma palavra originária do latim, vindo de Gomo ou Gome, que significa “homem”. Ganhou o “s” no final e transformou-se em um nome patronímico, ou seja, nome de um indivíduo que provavelmente deu origem à linha da família.

Significa, então, "filho de Gome", ou "filho do homem".

É um nome bastante tradicional na Espanha, mesmo em suas variantes Gomez, Gomiz ou Comis. Ao que parece, chegou em Portugal a partir de uma família italiana. E, no Brasil, logo com a chegada dos primeiros colonizadores, sendo hoje um dos sobrenomes mais comuns do país. 

Leia mais aqui a respeito do sobrenome Gomes.

10. Lima

Outro nome que se baseia na região das pessoas que ali vivam. No caso, a região Ibérica (Espanha e Portugal) onde existia um rio chamado Limia.

Há lendas muito interessantes sobre esse rio e as pessoas que viviam por lá, que você pode ler aqui na descrição completa

Em Portugal, a primeira pessoa a adotar Lima como sobrenome foi Dom João Fernandes de Lima, conhecido como "o Bom", filho de Dom Fernando Arias.

11. Lopes 

sobrenomes comuns no Brasil

A origem do nome Lopes é derivada do latim, lupus, de onde surge Lope, que significa lobo. 

O “es” no final da palavra significa que é um nome de família, “filho de”, ou seja, o significado fica “filho de Lobo”. 

São várias as famílias espanholas com esse sobrenome, na forma de López. Também está presente na língua francesa, na forma Loup ou Leu.

Quer saber mais? Não deixe de ler a descrição completa.

12. Nascimento 

Gente com “Nascimento” é o que não falta no Brasil, super comum! O étimo do nome é do latim, nascere.

Em Portugal, passou a ser utilizado para denominar pessoas que nasciam no dia 25 de dezembro, dia do nascimento de Jesus Cristo, segundo a crença católica. 

Alguns etimologistas acreditam, no entanto, que a origem do sobrenome Nascimento seja uma forma latinizada de Nassau, um nome de família bastante comum na região dos Países Baixos e germânicos.

Saiba mais sobre o sobrenome Nascimento clicando aqui

13. Oliveira

Vindo do latim olea, Oliveira é a árvore que produz azeitona, e de onde se extrai o azeite de oliva. 

A origem tem características toponímicas, era o nome adotado ou dado às pessoas que viviam do ofício de cultivar essas árvores. 

Outra possibilidade de origem seria judaica. Assim, numa tentativa de disfarçar os seus nomes, ao chegar a Portugal, os marranos (judeus forçosamente convertidos ao catolicismo) teriam adotado esse nome para que não fossem perseguidos.

Pedro de Oliveira, fidalgo português, teria sido a primeira pessoa a adotar esse nome.

Não deixe de ler a descrição completa do nome Oliveira.

14. Pereira

Outra árvore, dessa vez a que produz peras.

A origem também é  toponímica, era o nome de uma quinta ou propriedade na zona de Esmeriz, em Vila Nova de Famalicão, no norte de Portugal. As pessoas da região era nomeadas de "pereiras".

Segundo registros históricos, D. Rui Gonçalves Pereira, que viveu no século XII, foi a primeira pessoa a usar esse sobrenome.

Saiba mais aqui a respeito do sobrenome Pereira.

15. Rocha 

sobrenomes comuns no Brasil

A palavra Rocha vem do francês Rocque, que significa literalmente “rocha”, de modo que, por extensão, o nome tem o sentido de “homem forte”, "homem estável” ou “homem sereno”.

Na França, era dado às pessoas que moravam próximo aos lugares rochosos, e foi assim que tornou-se um sobrenome. 

Outra teoria é que provém do latim Rocu, Rochus, originado do germânico hroc, hrocch, que significa “aquele que grita”. 

Saiba mais sobre o sobrenome Rocha clicando aqui

16. Rodrigues

O patriarca Rodrigo que deu origem a esse nome patronímico que, como já explicamos aí em cima, com a terminação “es”, significa "filho de Rodrigo".

O nome Rodrigo, por sua vez, significa "famoso pela sua glória" ou "rei famoso". De origem germânica, resulta da junção dos elementos hruot, que significa “fama”, e rik, que significa “príncipe, governante”.

Quer saber mais? Não deixe de ler a descrição completa do nome Rodrigues.

17. Santos

Depois de Silva, esse é o sobrenome mais comum no Brasil, vem do latim e significa literalmente “dos santos”, a partir da palavra Sanctorum.

Historiadores acreditam que esse nome tenha chegado em Portugal a partir de uma família espanhola vinda da Andaluzia, precisamente da região chamada Sierra de Los Santos.

As primeiras famílias a adotarem este sobrenome seriam originárias da Itália e França, sob a variante "Santi" e "Santy", respectivamente.

Uma outra teoria interessante é que "Santo" passou a ser "Santos", no plural, quando duas pessoas com esse mesmo sobrenome se casavam. Para evitar repetir “Santo e Santo”, adotaram simplesmente Santos. 

Leia mais aqui a respeito do sobrenome Santos. 

18. Silva

O campeão dos campeões de sobrenomes mais comuns no Brasil! 

A origem é toponímica, pois as primeiras pessoas a utilizarem este nome teriam vivido próximo à Torre e Honra de Silva, junto a Calença, atual cidade portuguesa de Valença.

As primeiras famílias com este sobrenome teriam vivido por volta do século X, antes mesmo da criação da nação portuguesa. O timbre da família Silva é um leão púrpura ou vermelho gravado sob um fundo prata, em referência as armas do Reino de Leão.

Saiba mais sobre o sobrenome Silva clicando aqui

19. Souza

Esse é um sobrenome com origem no latim saza ou saxa, e que significa "seixo" ou "pedra".

Souza ainda pode estar relacionado com Seixa, uma espécie de pombo selvagem e agressivo típico da região Ibérica, e que no século XI era chamado de Sausa, em Portugal.

Passou a ser usado como nome a partir de Dom Egas Gomes de Souza, proprietário das terras em que passava o rio Sousa, localizado na região do Minho, em Portugal. 

Egas Gomes de Souza pertencia a uma das mais nobres e importantes famílias de Portugal, descendentes de reis visigodos durante os primeiros anos do século VIII.

A família Souza adotou o nome do rio (Sousa) que passava sobre a sua propriedade - Terras de Sousa - e criaram uma linhagem nobre para o sobrenome.

Quer saber mais? Não deixe de ler a descrição completa do nome Souza.

20. Teixeira 

Teixo é uma árvore ornamental. Foi daí que veio o nome Teixeira, dado às pessoas que vivam em um local em Portugal com uma grande quantidade dessa árvore. 

O brasão da família Teixeira está entre os 72 mais importantes de Portugal. Azul, com uma cruz amarela, e um unicórnio de prata sobre o escudo.

Saiba mais aqui a respeito do sobrenome Teixeira.

Gostou de saber a origem e significados dos sobrenomes que mais conhecemos no Brasil? Temos outros artigos muito bacanas de nomes e seus significados. Veja: