Grande parte dos sobrenomes brasileiros têm origem latina, mas devido a imensa miscigenação do nosso país, encontramos também sobrenomes de origem espanhola, nórdica e até mesmo árabe. Selecionamos os sobrenomes mais comuns e bonitos encontrados no Brasil.

Almeida

Tem cara de português, mas na verdade é árabe! Esse nome tem origem na junção das palavras al, o mesmo que "o" (artigo definido) e majíd, o mesmo que glorioso ou, em sentido geográfico, o mesmo que planície. Significa, então, "glorioso" ou "a planície".

Começou a seu utilizado como sobrenome depois de um cavaleiro chamado Dom Payo Guterres Amado teria tomado posse do Castelo de Almeida, em Portugal. A partir daí, o nome do castelo virou nome de família, especialmente portuguesas, desde o século XIV.

Saiba mais sobre o sobrenome Almeida clicando aqui.

Alves

A origem do nome é nórdica, formada pelos elementos alfr, que quer dizer "elfo", ou "gênio" e arr, que significa "guerreiro", "protetor" ou mesmo "exército".

Mas Alves é um sobrenome português e patronímico: ou seja, originado a partir do nome de um membro importante de uma família e que era do sexo masculino, sendo na maioria das vezes o pai. É um diminutivo de Álvares, significando, então "filho de Álvaro".

Quer saber mais? Não deixe de ler a descrição completa.

Barbosa

Era o nome de uma fazenda que pertencia a D. Sancho Nunes no século XII. Ele incorporou o nome da quinta em seu sobrenome, que hoje é muito popular no Brasil. Barbosa significa “local cheio de árvores” sendo o nome de uma planta bastante popular no Brasil, da família das palmáceas.

Saiba mais aqui sobre história do sobrenome Barbosa.

Batista

A etimologia do nome é grega e deriva de baptites, que quer dizer “submergir, mergulhar”. Significa, então, “o que batiza”. A ligação bíblica muitos conhecem: João Batista é um personagem conhecido por ter sido quem batizou Jesus. Países católicos passaram a adotar a alcunha e foi assim que ela ganhou notoriedade.

Quer saber mais? Não deixe de ler a descrição completa.

Castro

A origem de Castro é do latim, a partir da palavra castru, que significa “fortaleza”. Segundo estudiosos, é um nome toponímico, ou seja, remete a um lugar. No caso, parece ter sido um nome utilizado para identificar pessoas que nasciam ou habitavam fortalezas e castelos.

Por isso, tem o sentido de “aquele que nasceu perto de castelos”, “aquele que habita local caracterizado pela existência de fortalezas”. Chegou ao Brasil através dos portugueses, pois o brasão da família Castro está entre os 72 principais de famílias portuguesas.

Saiba mais sobre o sobrenome Castro clicando aqui.

Duarte

Duarte é um nome derivado do inglês, Edward, junção dos elementos germânicos ead "rico" ou "abençoado" e weard "guardião". Significa "guardião rico" ou "guardião das riquezas".

Acredita-se que foi transformado para a versão portuguesa Eduarte, e com o passar dos anos perdeu o “e” inicial. Nobres e realezas portuguesas aderiram ao nome na Idade Média, incluindo o décimo primeiro rei de Portugal, D. Duarte.

Não deixe de ler a descrição completa do sobrenome Duarte.

Ferreira

Este é outro caso de nome toponímico. As pessoas que viviam na vila de Ferrera, em Castela (atualmente conhecida por Herrera de Rupisverga, na Espanha) eram chamadas de Ferreira.

Em Portugal, o fundador da família Ferreira teria sido D. Fernando Álvares Ferreira, senhor do Paço de Ferreira, na freguesia de São João de Eiriz, no norte do país. Outra hipótese é que tenha sido um nome utilizado como apelido as pessoas que trabalhavam com ferro, e mais tarde passou a ser adotado como nome de família.

Saiba mais sobre o sobrenome Ferreira clicando aqui.

Garcia

Há algumas possibilidades de origem do nome Garcia, que era utilizado como prenome, só depois ganhando a função de sobrenome.

Pode ter origem espanhola, a partir de Garsea, nome medieval relacionado à palavra basca hartz, que significa "urso". Nesse sentido, o nome reflete os atributos do urso, que no estudo de brasões, é a personificação do homem magnânimo, ou seja, que é generoso.

Quer saber mais? Não deixe de ler a descrição completa.

Gomes

Uma palavra originária do latim, vindo de Gomo ou Gome, que significa “homem”. Ganhou o “s” no final e transformou-se em um nome patronímico, ou seja, nome de um indivíduo que provavelmente deu origem à linha da família. Significa, então, "filho de Gome", ou "filho do homem".

É um nome bastante tradicional na Espanha, mesmo em suas variantes Gomez, Gomiz ou Comis. Ao que parece, chegou em Portugal a partir de uma família italiana. E, no Brasil, logo com a chegada dos primeiros colonizadores, sendo hoje um dos sobrenomes mais comuns do país.

Leia mais aqui a respeito do sobrenome Gomes.

Lima

Outro nome que se baseia na região das pessoas que ali vivam. No caso, a região Ibérica (Espanha e Portugal) onde existia um rio chamado Limia.

Há lendas muito interessantes sobre esse rio e as pessoas que viviam por lá, que você pode ler aqui na descrição completa. Em Portugal, a primeira pessoa a adotar Lima como sobrenome foi Dom João Fernandes de Lima, conhecido como "o Bom", filho de Dom Fernando Arias.

Lopes

A origem do nome Lopes é derivada do latim, lupus, de onde surge Lope, que significa lobo.

O “es” no final da palavra significa que é um nome de família, “filho de”, ou seja, o significado fica “filho de Lobo”. São várias as famílias espanholas com esse sobrenome, na forma de López. Também está presente na língua francesa, na forma Loup ou Leu.

Quer saber mais? Não deixe de ler a descrição completa.

Nascimento

Gente com “Nascimento” é o que não falta no Brasil, super comum! O étimo do nome é do latim. Em Portugal, passou a ser utilizado para denominar pessoas que nasciam no dia 25 de dezembro, dia do nascimento de Jesus Cristo, segundo a crença católica.

Alguns etimologistas acreditam, no entanto, que a origem do sobrenome Nascimento seja uma forma latinizada de Nassau, um nome de família bastante comum na região dos Países Baixos e germânicos.

Saiba mais sobre o sobrenome Nascimento clicando aqui.

Oliveira

Vindo do latim olea, Oliveira é a árvore que produz azeitona, e de onde se extrai o azeite de oliva. A origem tem características toponímicas, era o nome adotado ou dado às pessoas que viviam do ofício de cultivar essas árvores.

Outra possibilidade de origem seria judaica. Assim, numa tentativa de disfarçar os seus nomes, ao chegar a Portugal, os marranos (judeus forçosamente convertidos ao catolicismo) teriam adotado esse nome para que não fossem perseguidos.

Pedro de Oliveira, fidalgo português, teria sido a primeira pessoa a adotar esse nome.

Não deixe de ler a descrição completa do nome Oliveira.

Pereira

Outra árvore, dessa vez a que produz peras. A origem é toponímica, era o nome de uma quinta ou propriedade na zona de Esmeriz, em Vila Nova de Famalicão, no norte de Portugal. As pessoas da região era nomeadas de "pereiras".

Segundo registros históricos, D. Rui Gonçalves Pereira, que viveu no século XII, foi a primeira pessoa a usar esse sobrenome.

Saiba mais aqui a respeito do sobrenome Pereira.

Rocha

A palavra Rocha vem do francês Rocque, que significa literalmente “rocha”, de modo que, por extensão, o nome tem o sentido de “homem forte”, "homem estável” ou “homem sereno”.

Na França, era dado às pessoas que moravam próximo aos lugares rochosos, e foi assim que tornou-se um sobrenome. Outra teoria é que provém do latim Rocu, Rochus, originado do germânico hroc, hrocch, que significa “aquele que grita”.

Saiba mais sobre o sobrenome Rocha clicando aqui.

Rodrigues

O patriarca Rodrigo que deu origem a esse nome patronímico que, como já explicamos aí em cima, com a terminação “es”, significa "filho de Rodrigo".

O nome Rodrigo, por sua vez, significa "famoso pela sua glória" ou "rei famoso". De origem germânica, resulta da junção dos elementos hruot, que significa “fama”, e rik, que significa “príncipe, governante”.

Quer saber mais? Não deixe de ler a descrição completa do nome Rodrigues.

Santos

Depois de Silva, esse é o sobrenome mais comum no Brasil, vem do latim e significa literalmente “dos santos”, a partir da palavra Sanctorum.

Historiadores acreditam que esse nome tenha chegado em Portugal a partir de uma família espanhola vinda da Andaluzia, precisamente da região chamada Sierra de Los Santos.

As primeiras famílias a adotarem este sobrenome seriam originárias da Itália e França, sob a variante "Santi" e "Santy", respectivamente.

Leia mais aqui a respeito do sobrenome Santos.

Silva

O campeão dos campeões de sobrenomes mais comuns no Brasil!

A origem é toponímica, pois as primeiras pessoas a utilizarem este nome teriam vivido próximo à Torre e Honra de Silva, junto a Calença, atual cidade portuguesa de Valença.

As primeiras famílias com este sobrenome teriam vivido por volta do século X, antes mesmo da criação da nação portuguesa. O timbre da família Silva é um leão púrpura ou vermelho gravado sob um fundo prata, em referência as armas do Reino de Leão.

Saiba mais sobre o sobrenome Silva clicando aqui.

Souza

Esse é um sobrenome com origem no latim saza ou saxa, e que significa "seixo" ou "pedra". Souza ainda pode estar relacionado com Seixa, uma espécie de pombo selvagem e agressivo típico da região Ibérica, e que no século XI era chamado de Sausa, em Portugal.

Passou a ser usado como nome a partir de Dom Egas Gomes de Souza, proprietário das terras em que passava o rio Sousa, localizado na região do Minho, em Portugal. Egas Gomes de Souza pertencia a uma das mais nobres e importantes famílias de Portugal, descendentes de reis visigodos durante os primeiros anos do século VIII.

A família Souza adotou o nome do rio (Sousa) que passava sobre a sua propriedade - Terras de Sousa - e criaram uma linhagem nobre para o sobrenome.

Quer saber mais? Não deixe de ler a descrição completa do nome Souza.

Teixeira

Teixo é uma árvore ornamental. Foi daí que veio o nome Teixeira, dado às pessoas que vivam em um local em Portugal com uma grande quantidade dessa árvore.

O brasão da família Teixeira está entre os 72 mais importantes de Portugal. Azul, com uma cruz amarela, e um unicórnio de prata sobre o escudo.

Saiba mais aqui a respeito do sobrenome Teixeira.

Vieira

A origem deste sobrenome é portuguesa e possui o significado de “molusco” ou “concha que produz pérolas”.

Vieira inicialmente se espalhou em Portugal através de duas famílias advindas de duas províncias diferentes, Vieira do Minho e Vieira de Leiria. Já no Brasil, estudiosos acreditam que a primeira família com este sobrenome desembarcou em Pernambuco.

Soares

Com origem portuguesa e espanhola, o nome Soares significa “filho do protetor dos suínos”, “filho do exército sul” ou “aquele que tem cabelos avermelhados”.

Ele pode ser uma derivação do nome próprio Soeiro, que vem do latim e significa “pastor de suínos”.

Santana

Estudiosos acreditam que este sobrenome seja um apelido para a avó de Jesus Cristo, Santa Ana. Com origem portuguesa, espanhola e italiana, Santana significa "Santa Ana", "avó de Cristo" ou "santa abençoada".

Antigamente, era também um popular nome próprio para pessoas que nasciam no dia 26 de julho (dia de Santa Ana).

Gonçalves

Gonçalves carrega os significados de “filho, ou descente, de Gonçalo”, “filho, ou descente, de homem disposto a participar de toda luta”, “filho, ou descente, de homem guerreiro”.

É um nome de origem portuguesa, mas que advém do latim a partir do germânico pela junção de elementos para palavras relativas à “combate” e “guerreiro”.

Ribeiro

O sobrenome Ribeiro significa "rio pequeno", "riacho". Alguns estudiosos acreditam que ele começou a ser utilizado em Portugal por famílias que possuíam um riacho em suas propriedades.

Ribeiro é originário de uma palavra no latim e surgiu na Península Ibérica, sendo considerado um nome toponímico por se referir a regiões geográficas.

Ramos

Este popular sobrenome está estritamente ligado à festividade cristã que antecede a Páscoa. Ramos significam “homenagem a festa religiosa de domingo de ramos”.

Ele tem origem latina e é contado que Manuel Francisco Ramos teria sido a primeira pessoa a ser registrada com este sobrenome em Portugal no ano de 1649.

Costa

Brasil, Portugal, Espanha e Itália possuem famílias com o sobrenome Costa. Ele significa “que vive na costa”, “que vive junto à encosta”, “que é natural do litoral”.

Outra teoria aponta que o nome teria surgido a partir da palavra grega Kosta, com o significado de “que pertence à natureza de alguém constante, perseverante ou animado”, o mesmo significado de Constantino.

Carvalho

Sobrenome português de origem latina, Carvalho significa “longevidade", "resistência" ou "árvore de múltiplas características".

Carvalho é um sobrenome relativo à uma região geográfica, sendo, portanto, considerado toponímico. Estudos apontam que provavelmente o primeiro indivíduo com este nome vivia próximo a um carvalho, que seria na época considerada uma árvore de referência na região.

Martins

Derivado do nome próprio Martim, o sobrenome Martins carrega os significados de “guerreiro” ou “dedicado ao Deus Marte”.

Ele tem origem no latim e foi encontrado em Portugal no início do século XII primeiramente como Martino e Martinos. Contudo, a origem do sobrenome surgiu na Espanha na forma de Martinez.

Cardoso

De origem portuguesa, o sobrenome Cardoso carrega o significado de “habitante de local onde os cardos são abundantes”. É um nome relativo à uma região geográfica, em virtude da existência de cardos em determinada região. Cardos são espécies de plantas espinhosas.

Cardo é também a flor nacional da Escócia e o sobrenome Cardoso possui em seu brasão a representação desta planta, juntamente com dois animais.

Freitas

Tem origem no latim a partir da palavra fraga. Freitas significa “habitante de local rochoso”, “aquele que tem origem de local abundante em pedras”.

Estudiosos da língua apontam que este sobrenome chegou ao Brasil através de uma família portuguesa que antes de vir para o nosso país habitava um local caracterizado pela grande existência de pedras e rochas

Mendes

Mendes era o nome atribuído aos filhos de um indivíduo chamado Menendo, sendo, portanto, considerado um nome patronímico. Ele significa “filho de Mendo” ou “filho do sacrifício total”.

É um sobrenome de origem portuguesa e espanhola, mas outros estudos apontam para uma raiz etimológica egípcia do sobrenome Mendes.

Machado

O sobrenome de origem portuguesa Machado significa “aquele que faz machados”, “fabricante de machados” ou “o que trabalha com machados”.

Há fontes que indicam a possibilidade do nome Machado ter surgido numa ocasião em que pessoas teriam forçado as portas da cidade portuguesa Santarém utilizando machados.

Marques

Segundo estudos, todas as famílias Marques surgiram a partir de um tronco espanhol chamado Marquez. É considerado um sobrenome de origem espanhola e portuguesa.

Marques significa "filho de Marcos" ou "filho de Marcus", pois o sufixo es era geralmente atribuído aos filhos ou outros membros de uma família patriarcal.

Nunes

Sobrenome que surgiu como uma variante de Nunez. Nunes carrega os significados de “pai”, “aio”; “monge”; “nono” ou “descendente de Nuno”.

É provável que tenha como origem o latim e que esteja calcado na mesma raiz do nome próprio Nuno.

Moreira

De origem portuguesa, o sobrenome Moreira carrega o significado de “aqueles que vivem perto da árvore de amoras”.

É um nome relacionado a uma região geográfica, provavelmente para se referir às famílias que possuíam propriedades próximas à árvores de amoras.

Andrade

De origem espanhola e portuguesa, o sobrenome Andrade surgiu na região da Galízia. Ele significa "topônimo do reino da Galiza" ou "referência aos novos-judeus".

Em Portugal, o sobrenome Andrade está presente desde o século XIV, segundo registros históricos.

Dias

Dias é um sobrenome de origem espanhola e portuguesa que significa “filho de Diego”, “filho de Diogo”, “parente daquele que vem do calcanhar"

Este bonito sobrenome pode também ter origem hebraica, uma vez que Diego está calcado no nome bíblico Jacó.

Fernandes

O sobrenome Fernandes está relacionado às famílias que possuíam um patriarca com o nome Fernando. Ele, portanto, significa “filho de Fernando”, “filho do homem ousado para atingir a paz” ou “filho do homem que ousa viajar”.

Diogo Fernandes é um dos primeiros ancestrais da Península Ibérica, que se tem notícia, a receber esse nome por volta do século XIX.

Reis

O popular sobrenome Reis possui algumas possibilidades de origem, tais como o latim e o turco. Ele significa “rei”, “monarca”, “líder”, “chefe” e foi trazido para o Brasil através das famílias portuguesas.

Em Portugal, o sobrenome foi originalmente usado como primeiro nome no registro de meninos nascidos no Dia de Reis.

Moura

Este sobrenome surgiu como referência geográfica de uma região portuguesa, mais precisamente a cidade de Moura que pertence ao Distrito de Beja, na região do Alentejo.

O sobrenome significa "quem nasce em Moura (região de Portugal)", "muralha" ou "terra dos mouros".

Moraes

Estudos apontam que a família Moraes, que residia em Portugal, se originou na aldeia de Morais, na região de Trás-os-Montes; enquanto que a parte espanhola desta família seria da cidade de Morales, na Espanha.

O sobrenome Moraes significa “terra das amoras” ou “amoreira” e se refere originalmente às famílias que moravam em regiões que apresentavam este tipo de árvore frutífera.

Veja também: