Roger, Saulo, Edson... Selecionamos alguns belos nomes antigos com seus significados e alguns fatos sobre eles. Há nomes antigos mais populares, assim como opções medievais e clássicas.

1. Roger

Significa “célebre na lança”, “célebre guerreiro”, “lança de glória”.

Tem origem no nome germânico Rodger, junção dos elementos hruot, que significa “fama” e gair ou ger, que significa “lança”, resultando em “célebre na lança”, “célebre guerreiro”, “lança de glória”.

Um dos nomes mais populares na Inglaterra durante a Idade Média.

Entre pessoas famosas com esse nome, é possível destacar o músico inglês Roger Waters, da banda de rock Pink Floyd (formada em 1965 ), Roger Moore, ator britânico que ficou conhecido pela sua atuação como intérprete de James Bond, e Roger Federer, tenista suíço.

Veja mais: Roger

2. Samuel

Significa “Nome de Deus”.

Tem origem no hebraico Shemu’el, que quer dizer “seu nome é Deus". O primeiro elemento tem relação com o aramaico shem, shema, shum, que significa “nome”, e o segundo, El, quer dizer “Deus, Senhor”.

Além da antiga origem hebraica, o nome Samuel passou a ser utilizado na Inglaterra a partir do século XII. Foi popularizado após a Reforma Protestante, se tornando um dos nomes mais comuns neste país. Na Escócia, o nome Samuel foi adotado para substituir o nativo Somerled.

Entenda melhor: Samuel

3. José

Significa “aquele que acrescenta”, “acréscimo do Senhor” ou “Deus multiplica”.

Tem origem no hebraico Yosef, que quer dizer “Ele acrescentará”, referindo-se a Deus.

Foi utilizado já na Idade Média entre os judeus. Passou a ser popularizado na Espanha e na Itália no final da Idade Média, em razão da veneração a São José. Também passou a ser comum na Inglaterra após a Reforma Protestante e, em Portugal, apareceu em documentos datados da primeira metade do século XVI, como Joseph.

Confira: José

4. Daniel

Significa “o Senhor é meu juiz”, “Deus é meu juiz”.

Tem origem no hebraico Daniyyel e é formado pela junção dos elementos dan, que significa literalmente “aquele que julga, juiz”, e El, que quer dizer “Senhor, Deus”.

Um nome hebraico que já era encontrado na Inglaterra anteriormente à conquista normanda como nome de monges ou bispos, mas caiu em desuso após um período de popularidade nos século XIII e XIV. Foi reavivado no século XVII, assim como outros nomes bíblicos. Em Portugal, foi encontrado em documentos datados da primeira metade do século XVI.

Saiba mais: Daniel

5. Alexandre

Significa "protetor do homem", "defensor da humanidade", “o que repele os inimigos”.

Tem origem a partir do nome grego Aléxandros. Seu significado é o resultado da junção do verbo aléxo, que significa "repelir, defender ou proteger", e de andrós, que quer dizer "homem".

Um nome extremamente popular desde a antiguidade, sendo encontrado na mitologia grega e mencionado na Bíblia. Foi muito difundido em razão de Alexandre Magno, conhecido como “Alexandre, o Grande”, imperador da Macedônia.

Veja mais: Alexandre

6. Antônio

Significa "valioso", "de valor inestimável", "digno de apreço".

O nome em latim Antonius, origina-se do grego Antónios. Segundo alguns estudos, teria vindo do grego antheos, que quer dizer “alimentado de flores”.

Esse nome popularizou-se já no tempo das Cruzadas, por meio do Santo Antônio, também conhecido como Santo Antônio Abade. Também é difundido em Portugal pelo Santo Antônio de Lisboa.

Entenda melhor: Antônio

7. Lúcifer

Significa "estrela da manhã", "filho da alva" ou "o que brilha", "o que traz luz".

Um dos nomes atribuídos ao diabo, também conhecido na Bíblia Cristã como Satanás. A palavra lucifer foi usada na versão em Latim da Bíblia, a Vulgata, para traduzir a palavra hebraica heylel.

Entretanto, a associação de Lúcifer ao demônio só se intensificou a partir do século IV, antes disso este nome era completamente normal, sendo usado pelos cristãos inclusive. Uma prova disso é Lúcifer de Cagliari.

Confira: Lúcifer

8. Geraldo

Significa “senhor da lança”, “guerreiro forte”.

De origem germânica Gerwald é composto pela junção de gair, que significa “lança”, e wald, que quer dizer “governar, dirigir”.

Um nome que, a partir do século XI, popularizou-se na Irlanda e posteriormente na Inglaterra. Em Portugal,foi registrado pela primeira vez no século XII.

No Brasil, é um nome que já foi mais popular no século XX.

Entenda: Geraldo

9. Saulo

Significa "aquele que foi muito desejado", "o que foi pedido insistentemente" ou "aquele que foi conseguido através de orações".

A versão grega do nome Chaul, em português Saul, de origem hebraica.

Também encontrado no Antigo Testamento da Bíblia Sagrada. Tornou-se mais popular entres os cristãos na Inglaterra, no século XVIII.

Saiba mais: Saulo

10. Adão

Significa "homem", "homem criado da terra (vermelha)".

Originada do hebraico Adam, que significa "homem", está também ligada com a palavra hebraica para terra, adamah. Segundo estudiosos do tema, o nome também poderia ter sua origem no sânscrito Adi-Aham, palavra formada por Adi, que significa "primeiro", e Aham, que quer dizer "ego".

O nome é mencionado no livro de Gênesis, no Velho Testamento da Bíblia Sagrada, sendo o primeiro homem do pó da terra.

Veja mais: Adão

11. Joaquim

Significa "Jeová estabeleceu" ou "Deus estabeleceu".

Tem origem hebraica, surgindo de Jehoiachim e seu significado, "Jeová estabeleceu" ou "Deus estabeleceu", resulta da união dos elementos Yahweh, que significa "Jeová”, “Deus", e quwm, que quer dizer "estabelecer".

Um antigo nome, tendo a primeira versão em português deste nome surgido em Portugal por volta do século XVIII. Na Inglaterra, apareceu seis séculos antes como Joachim.

Confira: Joaquim

12. Luiz

Significa "combatente glorioso", "guerreiro famoso" ou "famoso na guerra".

Tem origem no germânico Hloddoviko, Chlodovech. É formado pela união dos elementos hlot, hlut, que significa "famoso, ilustre, célebre", e wig, que quer dizer "guerreiro”.

Existem documentos datados dos séculos XIII e XIV que já continham registros deste nome em Portugal.

Veja mais: Luiz

13. Raimundo

Significa “sábio protetor” ou “aquele que protege com seus conselhos”.

Origem no germânico Ragnemundus, pela junção de ragin, que significa “conselho”, e mund, que quer dizer “proteção”.

Um nome de santos medievais, como São Raimundo Nonato, o padroeiro das parteiras, das grávidas e das crianças.

Entenda melhor: Raimundo

14. Sebastião

Significa “sagrado”, “venerável”, “reverenciado”.

Do latim Sebastianus, tem origem no nome grego Sebastianós, que deriva da palavra sebastós, que significa “sagrado, venerável”. Também é associado, por alguns autores,ao nome dos habitantes de uma cidade antiga da Capadócia, chamada Sabastia.

Um nome que encontra popularidade já no século III, pelo São Sebastião, um soldado romano, nascido na França. Ficou famoso por ter sido morto a flechadas, a mando do imperador Diocleciano, depois de descobrir que ele era um seguidor do cristianismo.

Veja mais: Sebastião

15. Jorge

Significa "o que trabalha a terra" ou "agricultor".

Tem origem no nome grego Geórgios, que deriva da palavra georgós, formada pela união dos termos ge, que quer dizer "terra" e érghon, que quer dizer "trabalho", de modo que significa “aquele que trabalha na terra", "agricultor”.

Na Inglaterra, o nome, sob a variante George, existe desde o século XIII, mas a versão em português surgiu apenas no século XVI, em Portugal.

Saiba: Jorge

Nomes masculinos antigos que são medievais

16. Guilherme

Significa “protetor decidido” ou “protetor corajoso”.

Tem origem no nome germânico Willahelm, composto pela união dos elementos will, vilja, wailja, que quer dizer “vontade, desejo”, e helm, hilms, que quer dizer “proteção, capacete”.

Foi o nome masculino mais popular no país durante a Idade Média. Em Portugal, foi encontrado em obras datadas do século XIII.

Veja: Guilherme

17. Arthur

Significa “pedra” ou “grande urso”.

O nome Arthur tem duas origens possíveis. A primeira é celta, partir do termo artwa, que significa “pedra”. A outra possibilidade está na união dos termos art, que quer dizer “urso”, e ur, que significa “grande”.

A teoria da origem celta do nome está relacionada com o personagem Arthur da fábula dos “Cavaleiros da Távola Redonda”. O nome ficou popular na Inglaterra já na Idade Média.

Entenda: Arthur

18. Heitor

Significa "aquele que guarda", "aquele que retém o inimigo".

Tem origem no grego Héktor, a partir da raiz ekhein, que quer dizer “possuo, tenho em meu poder”.

Um antigo nome, popular na mitologia grega, em que Heitor foi um príncipe que ficou conhecido pela bravura demonstrada durante a Guerra de Troia.

Heitor apareceu na Grã-Bretanha como um nome cristão no século XIII, mas só tornou-se popular na Escócia. No País de Gales é adotado para substituir o nativo Eachdonn.

Conheça melhor: Heitor

19. Brito

Significa “forte e resistente”.

Brito é um sobrenome de origem portuguesa, classificado como toponímico, ou seja, o seu surgimento está relacionado com uma localização geográfica.

Estudiosos consideram como primeiro portador deste sobrenome Artur de Brito, que teria vivido em 1033. Esta informação sugere que a família Brito é mais antiga do que a fundação de Portugal.

Veja: Brito

20. Walter

Significa “comandante do exército”.

De origem germânica, tem a forma Waldhar, que é a junção wald ou waldan, que significam “governar ou comandar”, e her, que significa “exército”.

Walter se tornou um nome muito popular na Inglaterra durante a Conquista Normanda do reino inglês, no século XI.

Saiba mais: Walter

21. Cristiano

Significa “cristão”.

Originado do latim Christianus, derivado de christianu, que significa “cristão”.

Na forma de Christian, foi um nome utilizado durante a Idade Média tanto por homens quanto por mulheres. Quando usado em Portugal, passou para a forma de Cristiano.

Confira: Cristiano

22. Domenico

Significa “dia do Senhor” ou “nascido no Domingo”.

De origem italiana, do latim dominicus, que quer dizer “dia do Senhor”. Também é relacionado com o latim dominus, que significa “Senhor” ou “patrão”.

Um nome medieval popular entre descendentes de italianos no brasil.

Veja: Domenico

23. Bartolomeu

Significa “filho de Tholmai”, “filho do que suspende as águas”.

Origem no aramaico Bar Talmáy, que significa “filho de Tholmai”. Tholmai deriva do elemento tholm, que quer dizer “que suspende as águas”.

É mencionado no Novo Testamento como um dos doze apóstolos de Jesus Cristo, o São Bartolomeu. Pela popularidade do santo, foi um nome muito popular na Idade Média na Inglaterra, dando nome a igrejas.

Em Portugal, os primeiros registros do nome são do século XIII. No Brasil, é visto como um nome mais incomum.

Saiba mais: Bartolomeu

24. Celestino

Significa “celestial”, “da cor azul-celeste do céu” ou “do céu”.

Celestino é considerado a versão masculina de Celeste, nome derivado a partir do latim caelestis, que pode ser traduzido literalmente como “do céu” ou “que é celestial”.

Nome masculino antigo que foi o cognome de vários Papas ao longo da história da Igreja Católica, como o 43º papa, Celestino I, que também é considerado um santo para os católicos.

Confira: Celestino

25. Isaac

Significa "ele irá rir”, "filho da alegria".

Isaac é a versão em inglês de Isaque. Tem como origem os nomes hebraicos Itshak e Yitzháq, os quais derivam da palavra tzaháq, que literalmente quer dizer "ele irá rir”.

Nome bastante popular na Idade Média, particularmente entre os judeus. Após a Reforma Protestante, era comum entre os puritanos ingleses e outros cristãos.

Personalidade famosa com esse nome: o físico e matemático inglês Isaac Newton.

Confira: Isaac

Nomes masculinos antigos que são clássicos

26. Afonso

Significa "inclinação nobre", "pronto para a nobreza", "nobre aptidão", "apto para ser nobre".

Origem no germânico Adalfuns, formado pela junção de adal, que significa "nobre", e funs, que quer dizer "pronto", "inclinado" ou "apto".

Um clássico nome entre reis do passado: treze na Espanha, dois na Sicília e seis em Portugal. Um dos reis mais famosos foi Afonso I das Astúrias, que se destacou por ter estabelecido o Cristianismo na Espanha no século VIII.

Veja: Afonso

27. Ícaro

Significa "seguidor".

Tem origem no grego Ikaros, que significa “o seguidor”. A versão do nome em latim é Icarus, e em etrusco é Vicare.

Um nome antigo famoso na mitologia grega. Ficou mais popular no Brasil a partir da década de 70.

Saiba mais: Ícaro

28. Edson

Significa “filho de Eduardo”, “filho do guardião das riquezas”, “filho do amigo rico” ou “filho da riqueza”.

Tem origem no inglês Ed, que é o apelido de Edward ou Edwin, o mesmo que Eduardo e Eduíno, respectivamente.

Apesar de ser um nome antigo, tem sido bastante utilizado no Brasil.

Veja: Edson

29. Moisés

Significa “criança”, “filho” ou “tirado das águas”.

O nome Moisés tem origem no hebraico Moshe, que provavelmente deriva do termo egípcio mesu, que quer dizer “criança” ou “filho”.

Nome bastante antigo, Moisés foi criado para ser o futuro príncipe do Egito e tornou-se o líder dos judeus, guiando-os da escravidão em terras egípcias em direção à Terra Prometida – Canaã.

Entenda melhor: Moisés

30. Joel

Significa "o Jeová é Deus", "o Senhor é Deus".

Origem no nome hebraico Yo'el, formado a partir da junção de Yahweh que significa "Senhor, Deus, Jeová" e El que quer dizer "Deus".

Um belo nome antigo e clássico, de um personagem bíblico, do Antigo Testamento, sendo definido como um dos profetas menores.

Confira: Joel

31. Pietro

Significa "pedra", "rochedo" ou "firme".

Pietro é considerado a versão italiana do nome Pedro, que ficou historicamente conhecido por ter sido um dos supostos apóstolos de Jesus Cristo.

Desde a Antiguidade, as variantes deste nome são utilizadas pelos cristãos. Em Portugal apareceu pela primeira vez como Petrus por volta do século IX.

Veja mais: Pietro

32. Emanuel

Significa "Deus (está) conosco".

Tem origem no termo hebraico Immanuel, composto pelos elementos immánu, que significa "conosco", e El, que quer dizer "Deus” ou “Senhor".

Este nome é conhecido por ser uma das formas utilizadas para chamar Jesus Cristo. Utilizado na Inglaterra desde o século XVI nas formas Emmanuel e Emanuel.

Entenda: Emanuel

33. Assis

Significa “aquele que vem de Assis” ou “seguidor de São Francisco de Assis”.

Assis é um nome de família que surgiu na Itália, a partir da figura do santo São Francisco de Assis.

Para os portugueses, o sobrenome Assis seria uma referência ao santo católico.

Entenda: Assis

34. Giovanni

Significa "Deus é cheio de graça", "agraciado por Deus", "Deus perdoa" ou "a misericórdia de Deus".

Origina-se a partir do hebraico Iohanan, composto pela união dos elementos Yah que significa “Javé", "Jeová", "Deus” e hannah que quer dizer “graça” e significa “Deus é gracioso", "agraciado por Deus", "a graça e misericórdia de Deus" ou "Deus perdoa”.

A raiz etimológica deste nome foi encontrada em Portugal em documentos datados do século IX, na forma Ioannes. Também foi bastante popular na Inglaterra durante a Idade Média.

Saiba: Giovanni

35. Gaspar

Significa “portador de tesouros”, “aquele que leva tesouros”, "tesoureiro"; "aquele que vem ver".

De origem persa, surgiu de Kandsmar, derivado dos elementos yasb e jasper. Em latim, apresenta a forma Gazabar.

Um nome histórico, que pertence a um dos três Reis Magos, personagens que, seguindo a indicação da estrela, foram visitar e presentear Jesus quando ele nasceu.

É um clássico e belo nome antigo.

Veja mais: Gaspar

Gostou de ler mais sobre esses nomes? Se quiser mais ideias, sugerimos também esses conteúdos:

70 nomes antigos para bebê: o clássico que está voltando à moda

Nomes antigos femininos: 50 sugestões para a sua filha