Eles ajudaram a estabelecer muitos dos valores morais, padrões sociais e a maneira de pensar do mundo ocidental. Você com certeza já ouviu falar deles e de suas obras, mas será que você conhece o significado dos nomes dos filósofos mais importantes da antiguidade e modernidade?

Não? Então a gente conta para você!

1. SÓCRATES

Sócrates_Nomes de Filósofos_Dicionário de Nomes

O nome Sócrates tem origem grega, e é a junção dos termos sos ,"inteiro, ileso, seguro" e kratos, "poder".

Considerado um dos pais da filosofia ocidental, o filósofo grego é normalmente citado como um dos homens mais sábios de todos os tempos, justamente por reconhecer sua pequenez diante da imensidão do conhecimento. É dele a frase "Só sei que nada sei". Sócrates não deixou obras publicadas. Suas ideias foram conhecidas através do seu pupilo Platão, que publicou dezenas de diálogos com o seu mestre. Acusado de não reconhecer os deuses gregos e corromper a juventude da época, ele foi condenado a morte. Em 399 a.C, aos 70 anos, Sócrates preferiu tirar sua própria vida, tomando um cálice de veneno.

2. PLATÃO

FILÓSOFOS - DICIONÁRIOS NOMES PRÓPRIOS- 2

O filósofo Platão, na verdade, se chamava Arístocles, que no grego significa "melhor glória", derivado de aristos, "melhor" e kleos, "glória". O nome Platão, que quer dizer "de costas largas" foi dado ao filósofo ainda na juventude, por ser um rapaz forte, de grandes ombros.

Um dos mais significativos filósofos da Grécia Antiga, autor de dezenas de obras sobre justiça, política, sabedoria, sexualidade, arte, entre outros, Platão se dedicou, principalmente, ao idealismo. Ele acreditava que o único conhecimento válido era o Conhecimento das Ideias, aquele obtido pelo intelecto e não pelos sentidos, que são ilusórios e enganosos.

3. ARISTÓTELES

FILÓSOFOS - DICIONÁRIOS NOMES PRÓPRIOS- 3

Aristóteles quer dizer "aquele destinado a ser o melhor". O nome, também de origem grega, deriva das palavras aristos, "melhor" e telos, "fim, propósito".

Nascido na Macedônia, Aristóteles foi discípulo de Platão e um de seus alunos favoritos, apesar de muitos dos seus estudos irem de encontro às ideias do seu professor. O filósofo acreditava que o conhecimento poderia ser apreendido através do próprio mundo, e contribuiu muito para os estudos das ciências naturais, assim como para outras áreas do conhecimento, como ética, moral, lógica, política, entre outros. Aristóteles chegou a ser professor de Alexandre, o Grande, e seus estudos ajudaram a construir as bases da ciência como a conhecemos hoje.

Gostou? Veja também: 30 nomes antigos para bebê: o clássico que está voltando à moda

4. RENÉ DESCARTES

FILÓSOFOS - DICIONÁRIOS NOMES PRÓPRIOS- 4

O nome René vem do latim e significa "nascido de novo". Apesar do nome bastante cristão, muitos de seus livros foram proibidos pela igreja católica por serem considerados heresias. O sobrenome do filósofo, no entanto, não é tão poético quanto o seu primeiro nome. Apesar de haver poucas referências a respeito desse sobrenome, o significado de Descartes é apontado como "morador dos arredores da cidade". Não muito inspirador para descrever um grande filósofo, certo? Mas que filósofo ele foi!

Considerado um dos fundadores da filosofia moderna e autor da célebre frase "Penso, logo existo", o francês Descartes foi um estudioso do racionalismo e acreditava que tudo deveria ser questionado para que fosse possível chegar a verdade pura. Para o filósofo, diante de tantas dúvidas que são necessárias para se chegar a verdade, a única certeza é o próprio "eu", que vem da condição humana de seres pensantes.

5. IMMANUEL KANT

FILÓSOFOS - DICIONÁRIOS NOMES PRÓPRIOS- 5

Immanuel vem do nome bíblico hebraico que quer dizer "Deus conosco". O nome é uma junção das palavras immánu, "conosco", e El, "Deus”. Já o sobrenome Kant surgiu inicialmente para nomear os cantores de hinos nos monastérios e catedrais, e está relacionado a palavra chant, do francês antigo, que significa canção ou canto.

O filósofo francês Immanuel Kant se dedicou entender o mundo sob a perspectiva do racionalismo e do empirismo, duas teorias antes opostas. Ele acreditava que o mundo é compreendido de duas formas diferentes: através da próprias faculdades mentais do homem, ou seja, da sua capacidade de compreender sem experimentar, e também das experiências que vividas por ele, comprovadas de forma empírica.

6. GEORG HEGEL

FILÓSOFOS - DICIONÁRIOS NOMES PRÓPRIOS- 6

O nome e sobrenome deste filósofo alemão duas origens diferentes. O primeiro deles, Georg, do grego Geórgios, vem da junção dos termos ge "terra" e ergon "trabalho", e significa "trabalhador da terra", ou agricultor. O segundo, Hegel, é um sobrenome inglês que está ligado às características da águia (Eagle) e que surgiu com o objetivo de nomear "àqueles de natureza imponente".

Georg Hegel, estudioso do idealismo, se dedicou a estudar, entre outras coisas, a realidade e sua relação com a história. Com ideias abstratas e as vezes de difícil compreensão, ele introduziu o conceito de espírito racional, um estágio evoluído do conhecimento e que deve reger todo o mundo. Para chegar a este nível de evolução, o filósofo propôs um método dialético, que nada mais é do que o confronto de duas ideias opostas (a tese e a antítese), para se chegar a uma nova ideia, a síntese.

7. FRIEDRICH NIETZSCHE

FILÓSOFOS - DICIONÁRIOS NOMES PRÓPRIOS-7

O primeiro nome do filósofo alemão Friedrich tem origem germânica e significa "rei da paz" (frid "paz", e ric "rei"). Já a origem do sobrenome Nietzsche não parece ser tão clara, mas acredita-se que seja um diminutivo do nome alemão Nikolaus, uma versão do grego Nikólaos, que quer dizer "o que vence com o povo".

Nietzsche foi um dos filósofos mais influentes do século XIX e até hoje suas ideias permanecem desafiando alguns dos nossos principais valores como sociedade. O filósofo propôs a ideia do super-homem, alguém que é capaz de se auto governar, independente da moral e dos padrões determinados pela sociedade ou pela Igreja, sendo suas decisões e escolhas completamente pautas por si próprio.

Você também pode gostar de ler:

25 nomes de bebê inspirados em personagens de livros (e seus significados)